Management Seminário em Benguela - Escola de Negócios Pangeia | Educartis

Lamentamos!

O curso Workshop de Management Seminário em Benguela fornecido Escola de Negócios Pangeia já não está disponível. Encontre um semelhante aqui:

Veja mais cursos em Cursos de Liderança e Gestão >>

Luanda,  Presencial

Workshop

24/09/2018

Duration: 2 dias

Kz 210000 

Benefícios

Informação detalhada do curso

Quando e Onde

24/09/2018

Escola de Negócios Pangeia

Luanda, Angola

O Que Irá Aprender

Por vezes, a intenção financeira comanda a iniciativa de criar uma empresa. Outras vezes, a oportunidade oferece-se e o empreendedor não hesita. Há, ainda, os casos – não poucos – em que quem possui uma competência a torna numa empresa e, portanto, num negócio. Finalmente, há um conjunto de empresas que permanecem pelo simples facto que sempre existiram, uma vez que foram criadas há alguns anos.

Todas estas fontes de criação de empreendedorismo empresarial são legítimas e podem vir a confirmar-se como grandes actos de sucesso.

Tudo depende da forma como as actividades estão ou virão a ser executadas, ou seja, da forma como são ou serão geridas.

É vulgar que os empreendedores antecipem que podem dominar facilmente as operações. Tal, não é verdade, a menos que o empreendedor domine a profissão de gestor.

Gerir é uma profissão multifacetada, intensiva e que requer métodos e ferramentas próprias para poder ser eficazmente executada.

A profissão de Gestor pode ser sistematizada através da universalmente reconhecida Management Wheel, que na tradução portuguesa tem a designação de Ciclo de Gestão.

Tem por base cinco tipos de Recursos em relação aos quais é necessário montar um sistema que os integre e que seja virtuoso quanto a resultados e à criação de valor.

Há situações em que na mente do empreendedor a posse de determinados recursos é suficiente e bastante para que se tenha sucesso. Outros casos, ajustam-se as actividades aos recursos que se possuem e tornam-se inviáveis negócios que o poderiam ser se não tivessem de enfrentar custos fixos exagerados. Em ambos os casos, uma gestão não profissionalizada pode ser a responsável de resultados menos bons. Mais importante que os recursos é o sistema como são integrados.

Para fazer isso, o Gestor deve conceber e executar as quatros fases do ciclo de gestão:
Planear, Organizar, Liderar e Controlar.

Estas fases implicam a consecução de 20 actividades, das quais 8 constroem a fase de Planear e quatro a fase de Controlar.

Desta vasta matéria escolhemos para este seminário, precisamente estas duas fases:
Como Planear e como Controlar!

Mostrar mais
Luanda,  Presencial
Workshop
24/09/2018
2 dias
Kz 210000 

Benefícios

O Que Irá Aprender

Por vezes, a intenção financeira comanda a iniciativa de criar uma empresa. Outras vezes, a oportunidade oferece-se e o empreendedor não hesita. Há, ainda, os casos – não poucos – em que quem possui uma competência a torna numa empresa e, portanto, num negócio. Finalmente, há um conjunto de empresas que permanecem pelo simples facto que sempre existiram, uma vez que foram criadas há alguns anos.

Todas estas fontes de criação de empreendedorismo empresarial são legítimas e podem vir a confirmar-se como grandes actos de sucesso.

Tudo depende da forma como as actividades estão ou virão a ser executadas, ou seja, da forma como são ou serão geridas.

É vulgar que os empreendedores antecipem que podem dominar facilmente as operações. Tal, não é verdade, a menos que o empreendedor domine a profissão de gestor.

Gerir é uma profissão multifacetada, intensiva e que requer métodos e ferramentas próprias para poder ser eficazmente executada.

A profissão de Gestor pode ser sistematizada através da universalmente reconhecida Management Wheel, que na tradução portuguesa tem a designação de Ciclo de Gestão.

Tem por base cinco tipos de Recursos em relação aos quais é necessário montar um sistema que os integre e que seja virtuoso quanto a resultados e à criação de valor.

Há situações em que na mente do empreendedor a posse de determinados recursos é suficiente e bastante para que se tenha sucesso. Outros casos, ajustam-se as actividades aos recursos que se possuem e tornam-se inviáveis negócios que o poderiam ser se não tivessem de enfrentar custos fixos exagerados. Em ambos os casos, uma gestão não profissionalizada pode ser a responsável de resultados menos bons. Mais importante que os recursos é o sistema como são integrados.

Para fazer isso, o Gestor deve conceber e executar as quatros fases do ciclo de gestão:
Planear, Organizar, Liderar e Controlar.

Estas fases implicam a consecução de 20 actividades, das quais 8 constroem a fase de Planear e quatro a fase de Controlar.

Desta vasta matéria escolhemos para este seminário, precisamente estas duas fases:
Como Planear e como Controlar!

Mostrar mais

Informação detalhada do curso